10 de nov de 2014


4 “BENEFÍCIOS” DE UM PÉ NA BUNDA



Quem nunca levou um pé na bunda? Se você está lendo esse texto agora é porque provavelmente acabou de levar um. Caalma, não criemos pânico! Se esse foi o seu primeiro, saiba que ainda têm muitos outros por vir e não veja isso como algo negativo, acontece nas melhores famílias. A verdade é que todos que mantém qualquer tipo de relacionamento estão sujeitos a pés na bunda, a diferença está na forma como você vai agir após ser chutada.
Como tudo na vida, é preciso saber lidar com a situação da melhor maneira possível e enxergar o lado bom (sim, sempre tem um lado bom). E no caso do pé na bunda, o crescimento emocional é o maior dos benefícios a longo prazo e, pensando por esse lado, o pé na bunda nem é tão ruim assim, afinal, “o que não mata fortalece”.
E para você entender melhor os “benefícios” de um pé na bunda, leia:


     1)  Personalidade

Se você é uma pessoas volúvel certamente quando se relaciona intensamente com alguém traz as preferências do outro para o seu mundo. Torna as músicas preferidas dela suas também, os filmes, as festas, seriados e a vida toda. Quando você é chutada o que acontece? Você não pode ouvir a música preferida do outro que chora, passa o comercial da série se enche de mágoas e o resultado é que você parece uma bipolar, “ahh, a música! Aff, que ódio dessa música”. Quando a fossa passar você vai descobrir se curte mesmo aquelas músicas, filmes e séries. Isso vai fortalecer sua personalidade, porque a partir de agora, o que você gosta, gosta e ponto! Gostou, parabéns pelo bom gosto! Não gostou? Entra na fila!


     2)  Autoconhecimento


Superada a dor de cotovelo, você passa a se conhecer melhor, você sabe dos seus limites e você conhece a sua resistência. Depois da fossa, você sabe como agir, o que quer (ou não) para sua vida e quem você quer (ou não). A frase usada pelos musculosos ratos de academia, “sem dor, sem ganho” é verdade não só dentro delas, é uma verdade que você deve levar para sua vida. Tenha certeza que se existe algo que te faz crescer é a dor, são as etapas mais dolorosas da sua vida que irão te fazer crescer e evoluir mais como pessoa!

3)  Amor próprio

Você já deve ter escutado por aí, “se você não se amar, quem vai amar?”. Já escutou, não é? Sabia! Mas é pura realidade, esses ditados podem nos parecer clichês, mas são grandes lições de vida. Antes de amar alguém é preciso amar a si mesmo, amar-se acima de tudo e todos. Valorizar-se acima do bem e do mal. Sim, é preciso ser um pouco egoísta, pensar mais em si mesmo antes de pensar no outro. Amar-se antes de amar o outro. Se você não for auto-suficiente, como diz o ditado, “está para nascer alguém” que te tolere por muito tempo, um dos motivos que os primeiros meses são maravilhosos e ainda durante eles vem o pé na bunda.

     4)  Oportunidade

Acabou de tomar um pé na bunda e está achando que é o fim do mundo? Que nunca mais vai encontrar alguém tão perfeito? Que não vai conseguir esquecê-lo jamais? Nenhum sofrimento é para sempre, só a dor de cotovelo que na hora parece eterna, mas “Deus é pai, não é padrasto” e em poucos dias ela passa também! E quando ela passar.. Ah, meu bem! Se seguro que as oportunidades vão começar a pipocar na sua vida. Novos contatos, novos amigos, novos vizinhos, novos pretendentes, novos peguetes, novos admiradores e principalmente, uma nova mulher! Pronto, agora não tem mais desculpa, as oportunidades estão batendo à sua porte, abra e agarre-as, aliás, agarre-OS! 

Por: Stephany Muzi

3

3 comentários:

  1. Ola! Seguindo, retribui? https://www.facebook.com/LovelyStyleBlog http://alovelystyle.blogspot.co.uk/ Obrigada!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Nayara.
    Bom, nunca levei um pé na bunda, mas acredito que isso impulsiona a pessoa a melhorar e fazer coisas novas nunca feitas antes neh. Acho que há muito aprendizado por aí, mas claro, ninguém curte levar!

    beijos
    http://mundo-restrito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ju, já passei por isso algumas vezes mais já superei. Agora estou de boa!! Aprender sempre, e com tudo. Não dá pra viver todas as experiencias que a vida oferece!

      A Stephany arrasa sempre nos textos!!!

      Beijos da Nay :*

      Excluir

 
No Site da Nay - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo