2 de jan de 2015


Literatura: Guia politicamente incorreto da História do Mundo



Sabe aqueles livros que te prendem de tão maneira que você se vê na condição de ter que ler todos os seus seguintes ou coleção, trilogia, saga e etc. Pois é, com os livros do  "Guia Politicamente Incorreto" não seria diferente. Embora não tenham sido livros que foram lançados recentemente ou que eu tenha terminado de ler agorinha, são livros que vale a releitura e a indicação com toda certeza. Principalmente agora que o ano está chegando ao fim e você está preparando suas listinhas para o ano que vem. 



A algumas semanas a trás publiquei o primeiro livro que li que também foi o primeiro livro lançado dessa saga de quatro, e que nem todos são do mesmo autor, como vocês podem conferir  aqui. Como prometido, vamos comentar um pouco sobre Guia politicamente incorreto da História do Mundo.

Descrição do Livro
Cintos de castidade na Idade Média? Eles nunca existiram – pelo contrario, manuais da época diziam que o prazer sexual era essencial à saúde das mulheres. Milhares de crianças foram exploradas nas fabricas inglesas do século 19? Está certo, mas é interessante lembrar que a Revolução industrial, pela primeira vez, tornou o trabalho infantil desnecessário. E lembra aquela história de que as guerras e a miséria da África são consequências das fronteiras artificiais criadas pelos europeus? Há quase 30 anos historiadores e economista africanos deixaram de acreditar nela. Abaixo da superfície, a história não é tão simples quanto aquele professor militante costuma nos ensinar. Depois do sucesso do Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil e Guia Politicamente Incorreto da América Latina , é hora de finalizar o trabalho. É hora de jogar tomates nos equívocos sobre a história do mundo.

Com o bom-humor e sarcasmo na medida certa, Leandro Narloch narra mais uma vez historias surpreendentes sobre a historia. Pra quem não gosta de historia e certamente teria o livro como chato, pode ficar despreocupado, pois a linguagem te envolve e te faz absorver facilmente o conteúdo contado. Uma leitura prazerosa, com fatos muito bem documentados, que nos levam a perceber o por que do "Politicamente Incorreto". É claro que assim como os demais, não teve ter sido bem aceito, e causado um certo desconforto para aqueles que defendem a historia contada tradicionalmente. Vale lembrar que o Leandro é um jornalista e não um historiador, mas tem em seus livros muita base  no que diz, como já citei a cima, todos os fatos são documentados e no próprio livro você encontra as referencias.  

No livro é desmistificado algumas personalidades e fatos de forma suave, destrinchados de maneira que falhas são expostos. Como por exemplo: 
  • Madre Teresa de Calcutá e Gandhi, que se tornaram símbolos de bondade e busca pela paz mundial, são mostrados como seres humanos cheios de falhas e capazes de atos de caráter duvidoso.
  • O verdadeiro julgamento de Galileu e seus aliados 
  • O imperador Nero, apesar de ser conhecido por sua crueldade e libertinagem, foi também um injustiçado.
  • A Revolução francesa de maio de 1968 ocorreu, em parte, apenas por tédio e chatice, visto que não tinha um foco principal.
  • como Hitler conheceu o Nazismo?
Outro ponto que  eu gostaria de destacar é as ilustrações que são lindas e incríveis deste o primeiro livro que li  da serie. 


Autor: Leandro Narloch
Editora: Leya
lustrações: Gilmar Fraga
Edição: 1
Ano: 2013
Páginas: 320

Pois bem, em breve volto com o restante da serie. Não sei qual será o próximo, por que eu ainda não li e nem os tenho. Mas espero que seja pra logo.

Beijos!

2

2 comentários:

  1. Que interessante Nay, fiquei curiosa pra ler e vou procurar um ;)

    beijos ;*

    http://descomplicandocosmeticos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale muito a pena, super indico amore!!!

      Beijos!!!

      Excluir

 
No Site da Nay - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo