17 de set de 2015


Coluna do Masters – “500 Dias com Ela”


São inúmeros os casos de amor existentes, as telonas insistem em mostrar os mais belos possíveis, mas não desta vez. Hoje deixo como dica uma história de certa forma realista, diferente, fora do padrão do próprio cinema. Creio que muitos iram se identificar, sorrir e chorar quando as lembranças começarem a brotar. “Este filme é ficção, qualquer semelhança com pessoas vivas ou mortas é mera coincidência.” - 500 Dias com Ela

Dica da semana...

“500 Dias com Ela” (500 Days of Summer) não é bem aquelas histórias de amor cinematográficas que já conhecemos. A mesma é cheia de peculiaridades que identificamos como nossas, algo já vivenciado. Afinal, todos nós já caímos nas armadilhas da vida amorosa. Tudo começa com o jovem “Tom Hansen" (Joseph Gordon-Levitt), arquiteto que ganha a vida trabalhando em uma agencia que produz cartões para homenagens em datas comemorativas. Cansado e entregue a monotonia do dia-a-dia, Tom se surpreende com a chegada da “Summer Finn” (Zooey Deschanel), nova secretaria da empresa que ele trabalha. Admirado, o mesmo entra em certa paranoia na tentativa de iniciar uma relação com Summer, garota com bastantes atributos e qualidades naturais que chamam atenção constantemente dos homens. Nesses encontros e desencontros, planos, desabafos e conselhos, os dois se conhecem melhor e começam a interagir, dando início assim a um certo relacionamento, mas Tom não esperava que Summer não tinha interesse algum em algo sério o que acabou por gerar certas complicações entre eles dando assim segmento a trama.


Para quem já conferiu... (Contém Spoilers)
O longa segue uma linha de tempo interessante que vai e volta constantemente entre os 500 dias para mostrar as variações emocionais constantes no hoje e o amanhã. Já começa de forma cativante com filmagens caseiras que representam o crescimento dos personagens, isso traz uma sensação nostálgica bem gostosa. Os desenhos que dividem as cenas, ou completam, geram certo charme que agrada os olhos e fixa na mente trazendo identidade ao filme. Lembrando que os rabiscos são referências aos esboços feitos por arquitetos assim como Tom.  As explicações simples, detalhadas e peculiares dos personagens principais agregam maior valor mostrando como são diferentes os ideais do casal. É como se a trama fosse parte da nossa vida, algo que já vivenciamos sendo aplicado nas telonas. A garotinha conselheira é uma grande jogada, trouxe um ar de maturidade de onde menos se esperava. Várias referências da cultura pop, interações com outros filmes e músicas enriquecem o conteúdo aproximando o telespectador por afinidade. O longa de certa forma tem uma pegada mais masculina o que acaba sendo meio diferente para o segmento romance. Porém é para todos os públicos. Mostra bem aquela ideia de que pessoas desacreditadas no amor tendem a focar mais no trabalho para ocupar a mente. O final é bem realista, revela que o amor acontece até mesmo para os incrédulos nele. Que as vezes por mais que desejamos estar com alguém, este alguém não vai viver conosco. E que relacionamentos são cheios de altos e baixos. Para não ficar algo triste, uma nova mulher surge mostrando que Tom ainda vai poder vivenciar um relacionamento que sempre sonhou. É difícil encontrar alguém que não goste deste filme, espero eu que todos vocês se deliciem com essa irreverente história.


Informações:
Direção - Marc Webb
Produção - Mason Novick / Jessica Tuchinsky / Mark Waters / Steven J. Wolfe
Roteiro - Scott Neustadter / Michael H. Weber
Narração - Richard McGonagle
Elenco - Joseph Gordon-Levitt / Zooey Deschanel
Gênero - Drama / Comédia Romântica
Lançamento - Estados Unidos 17 de janeiro, 2009

Trailer:

Cenas do Filme...














Hélio Masters
Jovem estudante de publicidade e propaganda que se entrega aos diversos estilos buscando compreender a arte de viver.
Viciado em filmes, apaixonado por música, escritor por acaso e completamente atarantado.

4

4 comentários:

  1. sim eu preciso assistir esse filme de qualquer jeito vou até deixar anotado aqui para assistir eu ameei assisti o trailer que você deixou disponivel nossa adorei mesmo, bem diferente beijos http://www.blogdaxavier.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse filme costuma agradar muito, espero que você também se contagie com ele. Sucesso ^^

      Excluir
  2. Curiosa pra ver esse filme! Confesso que não sou chegada a cinema e nem a tv, mas você conseguiu me deixar com expectativa... Vou assistir e te conto! Obrigada pela dica.

    www.assuntosdemulheres.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que agradeço! Esse filme é um bom começo para quem quer iniciar no mundo do cinema. Espero que goste ^^

      Excluir

 
No Site da Nay - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo