6 de fev de 2017


Coisas que só um cearense vai entender – Parte 2


Marminino, pense num povo véi lindo e cheio de “arrumação”. Tentei listar aqui outro dia sobre algumas coisas do nosso vocabulário. E tu acha que coube? Fiquei queimando o quengo mais um pouquinho e listei mais um bocadinho de coisa, que vai fazer você entender ainda mais sobre esse mundo tão regado de amor, tapioca, baião de dois e lindas praias.

Cearense não vai embora, ele pega o beco!
Cearense não bebe um drink, ele toma uma!
Cearense não joga fora, ele rebola no mato!
Cearense não discute, ele bota boneco!
Cearense não é sortudo, ele é cagado!
Cearense não brinca, ele fresca!
Cearense não toma água com açúcar, ele toma garapa!
Cearense não exagera, ele alopra!
Cearense não vigia as coisas, ele pastora!
Cearense não dá volta, ele arrudêia!
Cearense não serve almoço, ele bota o dicumê na mesa!
Cearense não faz barulho, ele faz zuada!
Cearense não acompanha casal de namorados, ele segura vela!
Cearense não é rico, ele é estribado
Cearense não se fode, ele se lasca
Cearense não anda junto, anda encangado um no otro
Cearense não demora, ele custar a chegar.

Se mexer com cearense, vai comer é tampado. E a gente não faz confusão, aqui “nóis” faz é fuá mesmo. E eu por vista o esforço que você ta tentando pra entender tudo isso, nem precisa ficar aperriado, é fácil. Rumbora negrada, que tem mais uma listagem ai em baixo. 




“Lai vem ela com uma réca de minino!”
“Ô chibatada!”
“Quem nunca levou uma topada e arrancou o chaboque!”
“Sai do mêi! Tu empatano a passagi!”
“se tu embarcar a bola eu te dou uma pisa”
“Deixa de baitolage, má…”
“Bora, que eu tô aziladin de fome!”
“Eu tô com uma dor no espinhaço!?”
“Deixa de fazer hora, má!”
“Ô lapaada!”
“Tu tá me impaiano macho!”
“Mãe! Ele tá arengano comigo!”
“Chega arrudiou ligeiro!”
“Subir no pé-de-pau.”
“Deixa de mangar dos otro!”
“Ai dento!”
“Fela da gaita!”
“o caba ficou teso!”
“Ele capou o gato!”
“Vaai magote de côoorno!”
“Me butaru na maior cruzeta!”
“Vaaai jumento batizado!”
“Num me aleije não, macho!”
“Quase triscou!”
“Minino! Deixa de ficar arremedano os ôtro!”
“fumano numa quenga!”
"Só gazeando aula hein bichin?
 “Aaagora proonto!”
“Deixa de arrumação!”
“Aaah uma jaaaula!”
“Lai vem tu quereno baldear o negócio!”
“Peeense numa boca quente!”
“Fêi é meuzóvo!”
“Num fresque não!”
“Ela deu uma rabiçaca!”
“Pense numa rolada grande que ele levou!”
“Rivirou os zói!”
“Aquele dali queima o caneco (também conhecido como boga, carretel)”
“Pense num papôco grande!?”
“Ficou faltano uma peinha de nada…”
“Foi pei bufo…”
“Dá uma pimbada . . . ficou pinando nela…”
“Cês tão com presepada…”
“Ele agora tá solto na buraqueira…”
“Ele ficou todo errado…”
“Ontem deu um toró!”
“O carro deu o prego…”
“Bate direito senão desunera…”
“Vai durmir com os côro quente…”
“Do tempo do Bumba…”
“A moça se impriquitou comigo…”
“Parece que tá com um frivião no fundo…”


Adjetivos: Amancebado, empanzinadu, catrevagem apurrinhado, dismantelado, amarelo empambado, emgembrado, liso, tamburete de forró, mal feita, escambichado, esmoléu.

Agora chega, ta bom de flozô, deixa eu ir me aciar e tirar a remela do zói e infergar o serôto, que se eu num for agora, ai tem é zé, até a coragem vim de novo. 

Ah, se já aprendeu, deixa eu te dá uma dica o filme Cine Holliudy é o primeiro filme falado totalmente em ceares da historia. Faz a pipoca, aperte o play e divirta-se! 



E pra não perder o costume: Iééééééíiiiiiiiii


0

0 comentários:

 
No Site da Nay - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo